Notícias
Clube recebe Comissão de Desportos

“O Botafogo está mesmo voltando a seu lugar, deixando de ser coadjuvante para ser protagonista da primeira linha do futebol brasileiro”. Com essa frase o deputado federal Carlos Orleans Brandão (PSDB/MA), que também já presidiu o Moto Clube do Maranhão,  agradeceu ao presidente Mauricio Assumpção e à diretoria do Botafogo que recebeu a ele e outros membros da Comissão de Desportos e Turismo da Câmara, em sua sede, na manhã desta segunda-feira, quando da visita da Comissão de Desportos e Turismo ao Rio, para uma reunião de debates sobre as mudanças na Lei Pelé. Junto com ele estavam os deputados José Rocha (DEM/BA), relator do projeto e Edson Bez (PMDB/SC).

Também estiveram presentes o secretário municipal de Trabalho, Augusto Ribeiro, representando o prefeito Eduardo Paes, o secretário executivo do Clube dos 13, Dagoberto Fernando dos Santos e o presidente do Brasil de Pelotas,  Helder Lopes.

Em seu discurso de saudação à toda a Comissão, o presidente do Botafogo, Maurício  Assumpção, disse que o Botafogo se sentia honrado em recebê-los e poder assim participar desse momento de grandes mudanças no futebol e no esporte brasileiros, o que faz parte de sua história de glórias e pioneirismo no cenário esportivo brasileiro e internacional. Aproveitou para ressaltar a importância que é para o Botafogo e o Rio a construção dos dois viadutos de acesso ao Estádio Olímpiico João Havelange, cujas verbas serão incluídas no Orçamento de 2010, como afirmou o deputado José Rocha.

Com o presidente do Brasil de Pelotas, o Botafogo confirmou o amistoso do dia 26, dentro do projeto de solidariedade ao clube gaúcho, por causa da tragédia que se abateu sobre ele. A equipe alvinegra será formada por atletas que não vem sendo aproveitados pelo técnico Ney Franco e por juniores.

Na mesma ocasião o Botafogo recebeu a visita de uma comissão esportiva do Chile, chefiada pelo secretário de esportes da cidade de Punta Arenas, Alejandro Olate. Eles convidaram o Botafogo para disputar em janeiro no seu país, o Mundialito de Clubes de jogadores até 13 anos. Na visita à sala de troféus do Botafogo, o secretário disse que o convite ao Botafogo se deve ao fato de ser o clube brasileiro mais famoso e admirado no Chile, desde os tempos de Garrincha e seus showss de bola na conquista do bicampeonato mundial do Brasil em 1962, na qual Mané  tinha ainda a companhia dos craques alvinegros Didi, Nilton Santos, Zagallo e Amarildo, que entrou no lugar de Pelé, machucado desde o segundo jogo. 



José Antônio Gerheim