Notícias
Força total

Vencer um clássico é sempre importante. A rivalidade alimenta o futebol e são estes jogos que mexem com os jogadores e torcida. O Botafogo e Fluminense de sábado será mais um destes duelos inesquecíveis que lotam o estádio e mudam a rotina dos clubes e torcidas. Menos para Ney Franco. Sem perder a sua linha de trabalho, o treinador não quer ouvir falar em Fluminense e só pensa em vencer o Americano, nesta quarta-feira, às 19h30, no Engenhão.
Para ele, os três pontos do clássico são iguais aos outros. Prova disso foi a opção por um coletivo ao invés de um rachão na véspera da partida. Ney ainda preferiu poupar Alessandro, Renan e Leandro Guerreiro do treino desta terça para garanti-los no jogo de quarta e esperará até o último minuto por seu camisa 10.
“Vamos com força total para a partida. O Americano é uma equipe difícil de ser batida e tem um histórico de complicar os grandes em outros estaduais. A partida de quarta tem o mesmo peso do clássico de sábado contra o Fluminense”, afirmou o treinador, que garantiu a presença dos três titulares poupados do treino. “Poupei porque foi um pedido do departamento médico, mas eles estão escalados. O Maicosuel já queria treinar hoje, mas achamos melhor esperar mais. Ele vai fazer o aquecimento antes do jogo, se tudo ocorrer bem ele jogará”, garantiu Ney.


Bernardo Peirão


Últimas

(25/03 – 21:39) Bota sofre empate no fim
(24/03 20:05) Força total
() Botafogo x Americano
() Botafogo x Americano
(23/03 20:30) Alessandro quer estudar o Americano