Notícias
Emoção alvinegra no Jockey

O Jockey Club Brasileiro se cobriu de preto e branco nesta segunda feira.  As homenagens ao Botafogo e aos personagens que escreveram a história do clube proporcionaram momentos de alegria e orgulho aos presentes nesta noite de gala alvinegra.

O primeiro momento de emoção aconteceu ao final do segundo páreo, em homenagem a Nilton Santos, quando sua esposa, Dona Célia, entregou o prêmio ao vencedor, além de uma camisa comemorativa do craque.

No terceiro páreo, chamado João Saldanha, sua filha Sônia foi quem entregou o prêmio ao vencedor. Luiz Mendes, outro homenageado, não só premiou o vencedor do quarto páreo, como garantiu viver momentos de muito emoção e nostalgia nesta noite.

– É uma honra estar nesta homenagem. Desde pequeno eu gostava de corrida de cavalos. Como sou gaúcho acompanhava junto com meu pai as corridas dos fazendeiros. Realmente é um momento de muita emoção já que me lembro muito de minha infância – disse o “comentarista da palavra fácil”.

No sexto e principal páreo, Botafogo Campeão da Taça Guanabara, Leandro Guerreiro, Maicosuel e o técnico Ney Franco entregaram a premiação principal ao vencedor, Gabriel Souza, que correu com o cavalo número 1, Boy Band.

Devido à queda sofrida no último sábado por J. Ricardo, a camisa que seria entregue na tarde deste domingo ao maior jóquei da atualidade foi entregue, esta noite, a Marco Mazini, líder das estatísticas do Jockey Club Brasileiro. Ainda como demonstração de gratidão ao corredor Ricardinho, declarado alvinegro, o presidente Maurício Assumpção, em conversa com ele por telefone, parabenizou-o pelo sucesso e disponibilizou todo o departamento médico do clube para a sua recuperação.

Estiveram presentes ao Jockey o presidente do clube Maurício Assumpção, o vice geral Antônio Carlos Mantuano, o vice de esportes gerais Alexandre Brito, o vice de comunicação e social Beto Macedo e o vice de futebol André Silva, além de personalidades como Beth Carvalho.

 



Assessoria de Imprensa