Notícias
Todos os presidentes do Botafogo

A solenidade de hoje, 16 de fevereiro de 2009, no salão nobre do histórico palacete da Avenida Wenceslau Braz, marca, oficialmente, o inicio da administração do novo presidente Maurício Assumpção, eleito para o triênio 2009/2011. O dentista e professor será o vigésimo terceiro presidente do Botafogo Futebol Clube e o décimo nono do Botafogo Futebol e Regatas, levando-se em conta a fusão ocorrida em 8 de dezembro de 1942 entre o Clube Regatas Botafogo, fundado em 1 de julho de 1894 e o Botafogo Futebol Clube, de 12 de agosto de 1904.
 
Contando-se as três datas alvinegras, os que presidiram mais de uma vez os três clubes,  Maurício Assumpção é o 46 presidente do Botafogo. 
 
Essa singularidade faz do presidente do Botafogo o responsável pela continuidade de uma das histórias mais gloriosas do futebol mundial, reconhecida pela Fifa que elegeu o Glorioso como um dos 12 maiores clubes do Século XX. Honraria que levou em conta o fato de ter sido o Botafogo o berço da maioria dos grandes craques da história do futebol mundial. Gênios como Garrincha, Didi, Nilton Santos, Zagallo, Amarildo, Leônidas da Silva, Quarentinha, Carvalho Leite, Heleno de Freitas, Jairzinho, Roberto,  Paulo Cesar Caju e tantos outros que não só honraram a camisa preta e branca da estrela solitária, bem como a amarelinha da Seleção, que fez do Brasil a maior potência do futebol mundial, com suas cinco Copas do Mundo.
 
Antes de Maurciio Assumpção foram esses os presidentes do Glorioso, começando pelo futebol:
Flávio Ramos (1904)
Alfredo Guedes Mello (1904)
Waldemar Pereira Cunha (1905/09) – conquistou o primeiro título carioca em 1907
Edwin Elke Hime Junior (1908)
Joaquim Antonio de S. Ribeiro (1909/10) – campeão de 1910
Alberto Cruz Santos (1911)
Joaquim Delamare (1912/14) – campeão de 1912
Miguel de Pino Mahcado (1914)
Joaquim Antonio de S. Ribeiro (1915/16) (segundo mandato)
Miguel de Pino Machado (1917/18) (segundo mandato)
Renato Pacheco (1919/21)
Samuel de Oliveira (1922)
Paulo Antonio Azeredo (1923)
Gabriel Loureiro Bernardes (1924)
Oldemar Murtinho (1925)
Paulo Antonio Azeredo (1926/1935) –  segundo mandato – campeão carioca de 1930 e tetracampeão de 1932/33/34/35
Darke Bhering de Oliveira Mattos (1936)
Sérgio Darcy (1937/39) – construtor do estádio de General Severiano, inaugurado em 28/08/1938 com o clássico Botafogo 3 x 2 Fluminense
João Lyra Filho (1940/41)
Luiz de Paulo e Silva (1941)
Benjamim de Almeida Sodré (1941)
Eduardo de Góes Trindade (1942/43) – primeiro presidente do Botafogo Futebol e Regatas
Adhemar Bebiano (1944/47)
Osvaldo Costa (1947)
Carlos Martins da Rocha (1948/51) – campeão carioca de 1948
Ibsen de Rossi (1952/1953) – contratou Garrincha que estreou no Carioca de 1953
Paulo Antonio Azeredo (1954/1963) – campeão carioca de 1957, bi de 61/62; bi do Rio-São Paulo, em 62 e 64
Ney Cidade Palmeiro (1964/1967) – campeão carioca de 1967, da Taça Guanabara de 1967 e do Rio-São Paulo de 1966
Althemar Dutra de Castilho (1968/72) – bicampeão carioca de 1968, bicampeão da Taça Guanabara de 1968 e campeão da Taça Brasil de 1968.
Rivadávia Correia Meyer (1973/75)
Charles de Macedo Borer (1976/81) – Trocou a sede e o estádio de General Severiano com a Vale do Rio Doce; transferiu a sede social esportiva parao ginásio do Mourisco; construiu o estádio Mané Garrincha em Marechal Hermes
José Eduardo de Mello Machado  – (1982/83)
Althemar Dutra de Castilho (1985/1990) – (segundo mandato) – bicampeão carioca de 1989/90
Emil Pacheco Pinheiro – (1991/92)
Mauro Ney Palmeiro (1992/93 – campeão da Comebol de 1993
Carlos Augusto S. Montenegro (1994/96) – campeão brasileiro de 1995; campeão da Taça Cidade Maravilhosa (1996) – em sua gestão o Botafogo renegociou com a Vale a recuperação da sede social e do antigo estádio de General Severiano. Costrução do atual complexo esportivo de General Severiano
José Luiz Rolim (1997/99) – campeão carioca de 1997 e do Torneio Rio-São Paulo de 1998
Mauro Ney Palmeiro – (2000/2002) –  segundo mandato – em sua gestão o Botafogo caiu para a egunda divisão  do campeonato brasileiro
Paulo Roberto de Freitas (2003/2006) – vice-campeão brasileiro de 2003, o que trouxe o Botafogo de volta à Primeira Divisão ( o Palmeiras foi o campeão). campeão carioca de 2006 e durante sua gestão o Botafogo conseguiu a administração do estádio Olímpico João Havelange.
 
Os presidentes do Clube Regatas Botafogo  
José Maria Dias Braga (1894/95)
Eduardo Paiva de Azevedo (l895)
Gastão Cardoso – 1895/1903)
João Carlos de Mello (1903)
Raul do Rego Macedo (1904)
Tito Valverde de Miranda (1905)
Conrado Maia (1906/09)
Gastão Cardoso (1910/16) – segundo mandato
Raul do Rego Macedo (19917/19) – segundo mandato
Álvaro Werneck (1920/21)
Raul do Rego Macedo (1922) – tereeiro mandato
Álvaro Werneck (1923) – segundo mandato
Antonio M. de Oliveira Castro (1924/26)
Álvaro Werneck (1927/28) – terceiro mandato
Armando de Oliveira Flores (1928/30)
Alberto Ruiz (1930)
Octávio Costa Macedo (1931/35)
Ibsen de Rossi (1937/38)
Julius A. Heinrich Arp Junior (1938)
Mário Ferreira (1938)
Álvaro Gomes de Oliveira (1939/40)
Augusto Frederico Schimidt (1941/42)
Eduardo de Góes Trindade (1942)  
,


José Antônio Gerheim


Últimas

(16/02 15:20) Todos os presidentes do Botafogo
(16/02 15:20) Todos os presidentes do Botafogo
(15/02 19:30) Gosto amargo no clássico
(14/02 14:50) Ney ainda tem dúvidas para o clássico
(13/02 17:05) Nota Oficial