Notícias
Base sob novo comando

O presidente Maurício Assumpção foi a Marechal Hermes e, além da visita corriqueira, também apresentou dois profissionais que farão com que o lugar volte a formar grandes jogadores. Humberto Rêdes, novo gerente-geral da base, e Marcelo Calumby Lisboa, novo diretor-geral, terão a incumbência de revitalizar a sede.

Os dois terão experiências diferentes para passar. Enquanto o primeiro já trabalhou no clube entre 1995 e 96, o segundo terá sua primeira experiência no futebol. Mesmo assim, a animação dos dois era enorme.

Humberto fez uma análise de tudo que viu e de sua primeira impressão sobre seu novo local de trabalho e como fazer para que o clube volte a ser o grande formador de estrelas do futebol mundial.

“Quando cheguei, vi que algumas coisas estão piores e outras melhores. Mas no primeiro aspecto, tomei um susto com o gramado. Apesar disso, sei que em pouco tempo teremos um uma melhora substancial”, analisou.

Ele falou ainda sobre a importância do CT, assim como o presidente Maurício Assumpção.

“Queremos fazer do Botafogo uma referência. Para isso, precisamos de um CT. Teremos todos os setores integrados e coordenarei tudo isso. Mas quero um trabalho em equipe. Todas as categorias vão jogar no mesmo esquema, para facilitar. Será o 4-3-3. Nele, formamos mais atacantes e também nos dá a possibilidade de mudanças táticas durante a partida”, explicou Humberto Rêdes.

Já para o novato Calumby será um grande orgulho estar à frente de um projeto tão grandioso, em um clube enorme como o Botafogo.

“Foi um orgulho para mim ser chamado para fazer parte desse trabalho. Eu sempre quis trabalhar para o Botafogo e ajudar o meu clube de coração, não importa em qual área. Estou muito feliz. Até porque, o futuro do profissional está aqui na base. Teremos a comunicação constante entre a base e o profissional”, afirmou Marcelo Calumby.



Gabriel Branco