Notícias
Juvenil perde e juniores empatam

O Botafogo deu adeus as chance de título no Campeonato Carioca juvenil. Com a vitória do Fluminense sobre o Vasco e a derrota para o Flamengo, por 4 a 2, nessa quarta-feira, na Gávea, o Alvinegro ficou com a terceira posição, independente do resultado da última partida, sábado, contra o Cruz-maltino, no Vasco-Barra. Essa é a melhor colocação desde 2001 na categoria.

O jogo, contudo, pode não acontecer. Já que a partida não tem valor para a classificação final, os dois times desejam o cancelamento do duelo e dependem de um aval da Federação de Futebol do Rio de Janeiro.

Na derrota para o Rubro-negro, o Fogão já entrou em campo sabendo das remotas chances de título, pois a partida do Flu foi pela manhã. Dessa forma, o jogo tinha mais valor para o Flamengo, que começou com tudo e abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o técnico Carlinhos fez duas alterações, o time voltou melhor e teve chance até de empatar, mas acabou derrotado. Os gols foram marcados por Luis Otávio.

“Não tínhamos mais chances de ser campeões, praticamente, e o Flamengo ainda tinha chances. Tomamos um gol no início e deixamos que eles terminassem o primeiro tempo vencendo por 3 a 0. Estávamos mal. Depois, voltamos melhor, fizemos um gol e perdemos 3 seguidos, poderíamos até ter empatado.Mas o terceiro lugar foi uma boa campanha, ganhamos do Vasco e empatamos com Flamengo e Fluminense nas fases anteriores. Estou orgulhoso”, disse Carlinhos.

Juniores empatam

Enquanto o Juvenil deu adeus ao Carioca, o time de juniores segue firme na luta pelo título da Taça Otávio Pinto Guimarães. O Botafogo empatou nessa quarta-feira com o Bonsucesso, em Seropédica pelo primeiro jogo das quartas-de-final, por 1 a 1. O gol alvinegro foi marcado por Wellington Júnior.

A partida foi muito movimentada e os dois times tiveram muitas chances de gol no primeiro tempo. Porém, a rede não balançou. Na segunda etapa, os dois times se mantiveram no ataque e quem marcou primeiro foi o time do subúrbio. Logo depois, Wellington Júnior igualou o placar. Os dois times ainda tiveram boas chances, mas nenhum marcou.

Apesar de não ter feito gol, quem jogou e teve destaque foi o atacante Laio, recentemente convocado pelo técnico Ney Franco para ficar no banco de reservas do profissional e que deve ter uma chance ainda esse ano.

A equipe de Luizinho Rangel terá agora que vencer o segundo jogo, sábado, às 16h, no Teixeira de Castro. Em caso de empate, a decisão da vaga nas semifinais será nos pênaltis. No tempo normal, quem vencer leva a vaga.

“Mesmo jogando fora de casa, temos todas as chances de ganhar. Terminamos jogando bem. O regulamento obriga que eles ganhem também, então fica igual. O gramado está em boas condições. Jogando o que jogamos hoje, temos tudo para ganhar”, analisou o técnico Luizinho Rangel.

Para esse jogo, o Botafogo não contará com Pará, expulso. Já o rival, terá que substituir seu destaque na competição, Buiú, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.



Gabriel Branco