Notícias
Zárate marca e Fogão vence

Com um gol do argentino Zárate, o Botafogo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro e se aproximar do G4. Jogando contra o Vitória, a equipe alvinegra saiu perdendo, mas virou a partida para 3 a 1, no Estádio Olímpico João Havelange.

Com isso, o clube chegou aos 46 pontos e subiu para a sexta posição. Esse foi o primeiro passo para uma nova arrancada, como no primeiro turno, e que, caso aconteça no segundo, renderá no mínimo uma vaga para a Libertadores.

Com a obrigação de vencer em casa, o Glorioso logo aos três minutos mostrou que estava com disposto a acabar com o jejum de quatro jogos sem vitória. Zárate avançou pela direita e cruzou para Wellington Paulista, que chutou para fora.

Porém, em um contra-ataque, o Vitória foi quem abriu o placar. Aos seis minutos, Williams partiu em velocidade, driblou Renan e chutou para o gol vazio.

Mas, jogando com a raça que a torcida pedia nas arquibancadas, estava o argentino Leandro Zárate. Ele correu o jogo todo, mostrou que não está fora de forma e foi premiado com um gol. Após cruzamento de Túlio, ele cabeceou e empatou o jogo.

Nesse momento, o Botafogo já estava com um a mais. Anderson Martins acertou um chute em Wellington Paulista e foi expulso.

Já na segunda etapa, o Alvinegro continuou com mais disposição e virou o placar aos 20 minutos com Lucio Flavio. Após uma saída atrapalhada de Viáfara, a bola sobrou nos pés do Maestro, que acertou um lindo chute por cobertura. Muita precisão do camisa 10.

Ainda teve tempo para Andre Luis receber um cruzamento de Lucio Flavio e cabecear com muita força, no ângulo. 3 a 1 e festa no Estádio Olímpico João Havelange.

O próximo jogo será apenas em dez dias, contra o Santos, no mesmo local, às 18h10.

Ficha Técnica:

Botafogo x Vitória

Local: Estádio Olímpico João Havelange, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 09/10, às 20h30
Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Público e Renda: 6.049 – R$ 52.067,50
Cartões Amarelos: Gil, Wellington Paulista e Triguinho (B); Vanderson, Marco Aurélio, Marcelo Cordeiro e Viáfara (V)
Cartão Vermelho: Anderson Martins (V)
Gols: Williams aos seis e Zárate aos 36 minutos do primeiro tempo; Lucio Flavio aos 20 e Andre Luis aos 26 minutos do segundo tempo

Botafogo: Renan, Alessandro (Gil) (Zé Carlos), Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Luciano Almeida); Leandro Guerreiro, Túlio, Diguinho e Lucio Flavio; Wellington Paulista e Zárate. Técnico: Ney Franco

Vitória: Viáfara; Marco Aurélio, Leonardo Silva, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Leandro Domingues (Muriqui) e Williams; Robert (Thiago Gomes) e Marquinhos (Wallace). Técnico: Vágner Mancini



Gabriel Branco