Notícias
Renan é a segurança do gol alvinegro

Goleiros não são mais problemas no Botafogo. Grande dor de cabeça em 2007, a posição está cada vez mais segura com Castillo e Renan, revezando sob a trave alvinegra. Nessa quinta-feira, contra o Vitória, o uruguaio estará novamente na seleção e a jovem promessa ficará com a camisa 1.

No total, ele já entrou em campo 20 vezes nessa temporada, sua primeira pelo Fogão, e está correspondendo. A prova disso é que já vem sendo cogitado para ficar de vez com a titularidade.

Mais uma coisa pesa a seu favor: as estatísticas. No total, foram 20 jogos, com 11 vitórias, três empates e seis derrotas.  O arqueiro sofreu  15 gols, média de 0,75 por jogo, algo raro na vida dos goleiros.

Vale lembrar também que, apesar de não ter ganho, Renan foi titular nas duas partidas decisivas do Campeonato Carioca, contra o Flamengo, e recebeu muitos elogios pela segurança.  Além disso, ele também atuou nas quartas-de-final da Copa do Brasil e no primeiro jogo contra o Corinthians, pela semifinal da competição.

Mesmo assim, sempre muito humilde, Renan prefere manter os pés no chão. Para ele, o importante é corresponder quando requisitado.

“Tenho que estar pronto sempre que o Ney Franco decidir que vou jogar. Ele é o técnico e cabe a ele tomar as decisões e escalar o time. Fui titular 18 vezes esse ano e entrei em mais dois jogos, nunca esperava isso quando subi, mas tenho confiança no meu potencial”, disse o sempre seguro Renan.

Sobre a possibilidade de ser titular, ele prefere aguardar e mostrar serviço antes de qualquer coisa. “Ouço muita coisa. As pessoas sempre falam, mas sei da minha capacidade e mantenho o pés no chão. Alguma hora minha oportunidade vai chegar e estou me preparando para isso”, afirmou o humilde goleiro, revelado nas divisões de base do Botafogo.

E a segurança dele é tanta que todos os companheiros nem reparam que é apenas um garoto de 19 anos que defende a meta alvinegra.

“Quando o Renan joga, sempre nos passa muita segurança. Ele é muito bom nas saídas do gol e também nas bolas pelo chão. Tanto ele, quanto o Castillo e Lopes, além dos garotos Raphael e Luís Guilherme são muito bons e passam muita confiança para todos”, disse o artilheiro do time na temporada, Wellington Paulista.

Confira aqui os jogos de Renan:

Botafogo 1 x 1 Cabofriense – Campeonato Carioca

Botafogo 3 x 0 Volta Redonda – Campeonato Carioca

Botafogo 2 x 1 Portuguesa – Oitavas-de-final da Copa do Brasil

Botafogo 0 x 1 Flamengo – Final do Carioca

Botafogo 1 x 3 Flamengo – Final do Carioca

Atlético-MG 0 x 0 Botafogo – Quartas-de-final da Copa do Brasil

Botafogo 2 x 0 Atlético-MG – Quartas-de-final da Copa do Brasil

Botafogo 2 x 0 Sport – Campeonato Brasileiro

Botafogo 2 x 1 Corinthians – Semifinal da Copa do Brasil

Botafogo 1 x 1 Vasco – Campeonato Brasileiro

Náutico 3 x 0 Botafogo Campeonato Brasileiro

Botafogo 2 x 1 Coritiba – Campeonato Brasileiro

Internacional 2 x 1 BotafogoCampeonato Brasileiro

Atlético-PR 0 x 3 BotafogoCampeonato Brasileiro

Figueirense 1 x 2 BotafogoCampeonato Brasileiro

Sport  0 x 1 BotafogoCampeonato Brasileiro

Botafogo 1 x 0 Cruzeiro – Campeonato Brasileiro

Coritiba 0 x 1 BotafogoCampeonato Brasileiro

Portuguesa 3 x 1 BotafogoCampeonato Brasileiro*

Grêmio 2 x 1 BotafogoCampeonato Brasileiro *

*jogos em quem Renan entrou no decorrer da partida.



Gabriel Branco