Notícias
Fogão bate Partizan na Suíça

BERNA – O Botafogo deu a volta por cima na Suíça. Na segunda partida da excursão à Europa, a equipe do técnico Luizinho Rangel derrotou o Partizan Belgrado por 2 a 1 no gramado natural do Estádio Wissenhusen, na cidade de Schötz, nos arredores da capital Berna. Com os portões do estádio abertos, cerca de mil pessoas assistiram a primeira vitória do jovem time alvinegro. Adriano Felício e Fábio, de pênalti, marcaram os gols para os brasileiros. Diarra descontou para os sérvios, em posição irregular. O adversário também teve o seu capitão expulso na metade da segunda etapa.

O treinador alvinegro havia ressaltado na véspera a importância de um resultado positivo, que apagaria a má impressão deixada após a derrota na estréia da OBI Cup. A vitória foi bastante comemorada no vestiário, principalmente pela força do adversário. O time sérvio atuou com os seus principais jogadores e, por ser o atual campeão em seu país, já está garantido na Copa da Uefa e disputará uma vaga na Liga dos Campeões da Europa.

Mais aplicado na marcação e com melhor aproveitamento no passe, o time alterado por Luizinho começou bem a partida e logo dominou o meio campo de jogo. A defesa alvinegra formada por três zagueiros mostrou segurança e pouco deixava o ataque adversário ameaçar o gol de Luis Guilherme. Detalhe: no aquecimento para a partida, o camisa 1 sofreu luxação no dedo da mão direita, na mesma hora reduzida pelo médico do clube, Victor Baitelli.

Todas as bolas do time sérvio passavam pelos pés de Juca e do portugês Moreira. Mas o trabalho dos volantes também era bem feito, e a armação adversária criou poucas chances. No lado alvinegro, o destaque foi novamente o volante Eduardo, que quase marcou gol de placa após penetrar entre quatro defensores sérvios e parar no goleiro.

Aos 22 minutos da primeira etapa, após um cruzamento na área do Partizan, o zagueiro recuou a bola para o goleiro: tiro livre indireto no bico esquerdo da pequena área. Thiago rolou a bola para Adriano Felício marcar o seu primeiro gol com a camisa, uma bola no ângulo contrário de de Bozovic.

Mas três minutos depois, um contra-ataque perigoso da equipe de Belgrado pela esquerda da defesa alvinegra terminou em cruzamento e gol de Diara, após dividida com zagueiro.

O Botafogo retomou a vantagem no placar no fim do primeiro tempo. Aos 41 minutos, Fábio foi lançado na ponta direita, invadiu a área e foi derrubado. O juiz suíço marcou pênalti, convertido pelo próprio atacante.

Na volta ao gramado, o time alvinegro teve que suportar o avanço dos sérvios, que buscavam a qualquer custo o empate. A defesa alvinegra passou a ser mais exigida, principalmente em cobranças de escanteio. O jogo ficou bastante disputado no meio campo e o adversário abusou de faltas duras. O Botafogo ameaçava no contra-ataque até que uma arrancada do atacante Junior terminou com falta na entrada da área e expulsão do zagueiro e capitão sérvio Djordjevic. Com um a mais, os alvinegros ganharam mais espaço para contra-ataques e ameaçaram mais.  goleiro Bozovic fez grande defesa no fim da partida, evitando o 3 a 1 para oas alvinegros.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O ESPECIAL OBI CUP 2008

FC Partizan 1 x 2 Botafogo (Amistoso internacional)

Data: 14/07/2008
Local: Estádio Wissenhusen, em Schötz, Suíça
Árbitro: Mossino Busacca (Suíça)
Auxiliares: Christoph Lanz (Suíça) e Juan Lozano (Suíça)
Gols: Adriano Felício (22′ do 1t) e Fábio (42′ do 1t) e Diarra (25′ do 1t)

FC Partizan
Bozovic; Obradovic, Ngambi, Djordjevic e Stevanovic; Juca, Tosic, Moreira e Fejsa; Diarra e Cadikovski
técnico: Slavisa Jokanovic

Botafogo
Luis Guilherme; Allan, Romário e Rodrigo Fabiano; Jougle, Flavio, Eduardo, Adriano Felício, Thiago Marin e Wellington Junior; Fábio
Técnico: Luizinho Rangel



Carlo Carrion


Últimas

(29/07) Lucio: rodízio pode se tornar natural
(27/07) Gols perdidos e empate no Maracanã
(25/07) Fogão apresenta argentino Zárate
(25/07) NOTA OFICIAL
(24/07) Vitória para manter ascensão