Notícias
Igualdade para Fogão e Santos

Tudo caminhava bem para que Ney Franco fizesse a sua estréia como técnico do Botafogo com uma vitória fora de casa. O time alvinegro abriu dois gols de vantagem logo no começo da partida, com Zé Carlos e Wellington Paulista, e dominava inteiramente o Santos.

Mas no segundo tempo, o Santos voltou com Kléber Pereira, que havia sido barrado por Cuca, no comando do ataque e o artilheiro santista deixou sua marca duas vezes no fim da partida empatando o placar em 2 a 2.  

O ponto conquistado fora de casa faz com que o Fogão alcance o 14º lugar na tabela de classificação, com 12 pontos ganhos. Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o time de Ney Franco receberá o Ipatinga, quarta-feira, às 19h30, no Engenhão.

Os gols do Fogão

Aos quatro minutos de jogo, Zé Carlos fez o primeiro gol do Botafogo na partida. Em falta na entrada da área, ele rolou a bola para Lucio Flavio, que só pisou nela. Zé Carlos chutou com efeito e colocou o time em vantagem na Vila Belmiro.   

Aos 17, o gol mais bonito da partida. Thiaguinho fez excelente lançamento para Wellington Paulista, já dentro da área. Quando todos esperavam que ele fosse matar a bola para tentar a finalização, ele surpreendeu e chutou de primeira. A bola saiu com força e entrou no canto direito do goleiro Fábio Costa.



Leandro Menezes, em Santos


Últimas

(29/07) Lucio: rodízio pode se tornar natural
(27/07) Gols perdidos e empate no Maracanã
(25/07) Fogão apresenta argentino Zárate
(25/07) NOTA OFICIAL
(24/07) Vitória para manter ascensão