Notícias
Bola para frente

O Botafogo se reapresentou na tarde desta terça-feira em General Severiano. Na mente dos jogadores e comissão técnica, a partida final do Campeonato Carioca contra o Flamengo e a perda de um dos principais jogadores da equipe, o meia Maicosuel. Com um estiramento grau 2 na perna, o camisa 10 já está vetado pelo Departamento Médico.

Apesar da má notícia, o técnico Ney Franco é o primeiro a levantar a poeira. Mesmo admitindo que não ter Maicosuel é uma perda séria para a sua equipe, ele continua acreditando nas boas chances alvinegras.
“Não muda nada. Continua cinquenta por cento para cada lado. Não tem favorito. O Maicosuel não joga, mas, quem entrar irá dar conta do recado. Temos um grupo forte e somos um time. A confiança é a mesma de sempre”, disse.

Nestes momentos, Ney Franco mostra uma de suas principais características, a tranquilidade. Segundo ele, a hora é de trabalho para achar um substituto para o mago. “Tenho que entrar em campo e trabalhar. Já acabou, ele não joga. Tenho um grupo e vou achar a melhor opção. A minha função é ir para campo e trabalhar o time que vai jogar no domingo, dar confiança para quem vai entrar”, ressaltou o treinador, que lembrou de um caso recente do próprio Botafogo. “Na semifinal da Taça Guanabara contra o Fluminense perdemos o Victor Simões, que, na época, era o artilheiro da competição e considerado o melhor jogador do time. Fizemos um bom esquema, demos confiança para todos os jogadores e vencemos o jogo”, finalizou. 



Bernardo Peirão


Últimas

(19/07 – 20h30) Bota sofre empate injusto contra o Fla
(19/07 – 20h30) Bota sofre empate injusto contra o Fla
(18/07 14:30) Duelo de gigantes
(18/07 14:15) Bota pronto para o Clássico
(17/07 – 17h12) Bota perde na taça BH