Notícias
Bota vence o clássico e está na final

Um resultado conseguido com garra, superação e, acima de tudo, organização.  Esta foi a principal virtude do Botafogo na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, quarta-feira, no Maracanã. Com o resultado, conquistado através de uma cabeçada do volante Fahel, o alvinegro garantiu vaga na final da Taça Guanabara e decidirá o campeonato com o Resende, domingo, no Maracanã.

A partida começou eletrizante, com o Fluminense assustando o gol de Renan e o Botafogo saindo nos contra-ataques.  Sempre mais bem posicionado em campo, o time de Ney Franco dava pouco espaço para os tricolores e aparecia bem no ataque com Reinaldo, Maicosuel e Léo Silva, mas não conseguia transformar as chances criadas em gols.

Aos 42 minutos, porém, a jogada de bola parada tão treinada por Ney Franco durante a semana foi decisiva e em um escanteio batido por Maicosuel, Fahel, de cabeça, fez o gol que daria a vitória ao alvinegro.
Com um gol de vantagem o jogo se mostrou ideal para o esquema do Botafogo. Armado bem na defesa e com jogadores rápidos na frente, o contra-ataque passou a ser, mais do que nunca, a maior arma do time.

Principalmente quando o Fluminense, necessitando do resultado, partiu com tudo para o ataque.
Apesar da pressão tricolor, poucas chances claras de gol foram criadas e o Botafogo conseguiu segurar a importante vitória, abrindo espaço para a comemoração da torcida alvinegra nas arquibancadas e para a preparação da equipe para a grande final no domingo.  

FLUMINENSE 0 X 1 BOTAFOGO
Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 25/2/2009 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Auxiliares: Marco Aurélio dos Santos Pessanha (RJ) e Jorge Luís Campos Roxo (RJ)
Renda/público: R$ 687.929,00 / 36.848 pagantes – 39.622 presentes
Cartões amarelos: Edcarlos, Fabinho, Diguinho e Tartá (FLU); Léo Silva (BOT)
GOL: Fahel, 42’/1ºT (0-1).
FLUMINENSE: Fernando Henrique, Mariano, Edcarlos, Luiz Alberto e Leandro; Fabinho, Diguinho (Tartá, 15’/2ºT), Conca (Leandro Bomfim, 26’/2ºT) e Thiago Neves; Everton Santos e Leandro Amaral (Roger, 35’/2ºT). Técnico: René Simões.
BOTAFOGO: Renan, Wellington, Emerson e Juninho; Alessandro, Fahel, Leandro Guerreiro (Túlio Souza, 31’/2ºT), Léo Silva (Batista, 18’/2ºT) e Thiaguinho; Maicosuel (Lucas Silva, 25’/2ºT) e Reinaldo. Técnico: Ney Franco.



Bernardo Peirão


Últimas

(19/07 – 20h30) Bota sofre empate injusto contra o Fla
(19/07 – 20h30) Bota sofre empate injusto contra o Fla
(18/07 14:30) Duelo de gigantes
(18/07 14:15) Bota pronto para o Clássico
(17/07 – 17h12) Bota perde na taça BH